terça-feira, 21 de maio de 2013

Bonde das Maravilhas está sendo investigado por Conselho Tutelar


O Ministério Público do Rio (MP-RJ) instaurou procedimento administrativo para apurar músicas e coreografias do Bonde das Maravilhas, formado por cinco jovens – quatro delas menores de idade. A investigação foi motivada por uma denúncia do Conselho Tutelar de São Fidélis, no Norte Fluminense, que, após um show do grupo na cidade, enviou representação ao MP-RJ.

De acordo com a promotora Flavia Da Marra Xavier Reis, da 1ª Promotoria da Infância e Juventude de Niterói, na Região Metropolitana do Rio, está sendo apurada eventual violação aos artigos 17 e 18 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que garantem à criança e ao adolescente o direito à preservação da imagem e o direito de não terem sua imagem explorada de qualquer forma, como em espetáculos e vídeos postados na internet.

Ainda segundo Flavia Reis, está sendo investigado também o eventual cunho pornográfico das coreografias filmadas e postadas na web.

"Já se sabe que as adolescentes estão fora da escola, o que pode levar à responsabilização dos genitores", informou a promotora por meio de nota.

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More